Até já, até sempre

Hoje visto o luto na alma, lágrimas inundam o meu coração. É a tua ausência física que me assola, a ausência da tua voz, do teu riso, o piscar de olho, o abraço. Tento embriagar-me de memórias, histórias nossas, lembranças doces e felizes.
Morreste-me. Fazes-me falta. Não te digo adeus. Até já, até sempre.
Sei que iluminarás o meu céu.